Nine

Posted on maio 31, 2010

1


Hoje, vi um filme musical chamado Nine. Um dos melhores musicais que já vi na minha vida. Elenco de primeira mão, performances melhores ainda, músicas que dão vontade de você sair dançando junto com o filme e uma história inteligente.

O filme conta a história de Guido, um diretor de filmes que se encontra em uma crise inventiva e cuja carreira está em queda. Nesse período, tenta fazer acordo com outros diretores e  buscar criatividade e amparo nas mulheres de sua vida, as que passaram por ela e as que ainda estão nela. Acontece que elas tiram seu foco e ele perde controle das situações de sua vida, misturando mentira com realidade e arruinando inclusive seu casamento. As coisas começam a retomar um rumo, quando Guido descobre com sua mãe que para ter sucesso em uma vida que necessita de idéias novas, é preciso voltar a pensar com a inocência de uma criança.

O elenco dá um show à parte. Cada mulher da vida de Guido (Daniel Day-Lewis) faz uma performance musical, se apresentando e apresentando seus pensamentos e personalidade. Sua esposa (Marion Cotillard), revela suas inseguranças e sua personalidade ao longo do filme e  mostra ser muito mais do que o imaginado adorei quando ela joga na cara dele tudo que ele fez com ela *o*; Sua amante (Penélope Cruz), imaginada com uma personalidade forte, se revela uma mulher fraca e emotiva; Sua mãe (Sophia Loren) é uma mulher doce e segura de si, que apesar dos fracassos do filho, o ama como ninguém; A prostituta de sua juventude (Fergie) é usada como ponte para mostrar o que causaram a ele, seus devaneios infantis; a jornalista de moda (Kate Hudson) é a peça que mostra o papel da mídia na vida de quem está sob os holofotes e a estrela de cinema (Nicole Kidman), é a mulher que fornece a reflexão final, mostrando ao diretor o que ele permitiu sua vida se tornar.

Aqui estão:

– o trailer:

– e a minha performance favorita, a da esposa:  *-*

Anúncios
Posted in: Cinema, Cultura