Moda Alice

Posted on abril 24, 2010

9


Em 1865, Charles Dodgson (popularmente Lewis Carroll) escrevia “As Aventuras de Alice no País das Maravilhas”. Uma história fantasiosa, inspirada em uma de suas amigas na vida real: Alice Liddell, na época com 10 anos. Essa Alice da vida real, gostou muito da história contada por Charles e pediu que escrevesse. Atendendo ao pedido, em 1864 ele deu de presente a ela um manuscrito chamado “As aventuras de Alice embaixo da terra”. Mais tarde ele decidiu publicar o livro e mudou a versão original, aumentando de 18 mil palavras para 35 mil, acrescentando as cenas do Gato de Cheshire e do Chapeleiro Louco. Hoje em dia, é um dos livros mais lidos no mundo inteiro (foi traduzido para mais de 125 línguas). O livro é cheio de enigmas, charadas e poemas que fazem referências a outros poemas, causa de existirem adultos que nunca entenderam o livro (e por isso não gostam, ahá!).

A história só se tornou popular mesmo, quando Walt Disney em 1951, lançou o longa de animação “Alice no país das maravilhas”. O livro e o filme ficaram em evidência por um bom tempo, até cair para o 2º plano. Hoje, estreiou um filme também chamado “Alice no País das Maravilhas”, mas que faria Carroll se revirar no túmulo (Tim Burton, se vc receber um puxão de pé à noite, já sabe quem é.). A história do filme não tem QUASE nada da original, aliás, talvez não tenha nada mesmo. E assim, Alice volta na modinha. Adolescentes que nem conhecem a história original, vão começar a dizer que conhecem e provavelmente não vão ler o livro (que lançou de TODAS as editoras!!! Todas elas!!! Antes era uma dificuldade pra achar… ¬¬). Burton espertamente colocou Johnny Depp no papel principal (sim, o nome do filme é Alice, mas o chapeleiro é o principal.), sabendo que a maioria das pessoas vão apenas pra ver ele e/ou o efeito 3D. Fazer o que? Pelo menos agora posso comprar meu exemplar de Alice edição comentada por Lewis Carrol.

Conheça (e leia!) outros livros de histórias como a de Carroll, também fantasiosas e de polêmica interpretação:

– “O Jardim Secreto” de Frances Hodgson Burnett: Mary Lennox era criada por uma Ayah na Índia.Ela recebia tudo o que queria de seus criados. Após um surto de cólera, morreram tanto sua Ayah como seus pais e ela foi trazida para a Inglaterra por seu tio, Lord Craven, que agora detém sua guarda. Uma vez que não havia coisa alguma a se brincar, restava-lhe apenas a possibilidade de brincar lá fora. Num dia ela encontrou o Jardim Secreto, que estava fechado já há dez anos. A todos era proibido entrar no Jardim.

– “O Menino do Dedo Verde” de Maurice Druon: Tistu é um menino muito sortudo. Vive na cidade chamada Mirapólvora numa grande casa, a Casa-que-Brilha, com o Sr. Papai, Dona Mamãe e o seu querido pônei Ginástico. Eles são ricos pois o Sr Papai tem uma fábrica de canhões. Para grande decepção de todos, Tistu dorme nas aulas. Sr Papai resolve fazer com que Tistu aprenda as coisas vendo-as e vivenciando-as.

– “A História Sem Fim” de Michael Ende: Bastian Balthazar Bux rouba um livro chamado “A História sem fim” de uma livraria alfarrabista. A princípio, é apenas um leitor do livro, que narra a história da terra de Fantasia, o lugar onde todas as fantasias dos humanos se unem. Com o progresso do livro, porém, torna-se claro que alguns habitantes do lugar sentem a presença de Bastian, já que ele é a chave do sucesso da jornada sobre o que ele está lendo. Na metade do livro, ele entra na própria Fantasia e toma um papel mais ativo nela. O tema central do livro é o poder de cura da imaginação, representado pelo estado em que Fantasia se encontra até que alguém a “salve”, ao reconstrui-la baseado em novas idéias, novos sonhos.

– “A Fantástica Fábrica de Chocolate” e “Charlie e o Grande Elevador de vidro” de Roald Dahl: O Livro 1, conta a história de Charlie Bucket, um menino pobre que consegue achar um bilhete dourado para entrar na fábrica de doces do famoso doceiro Willy Wonka, junto com 4 outras crianças. No livro 2 Charlie ganhou a fábrica do Willy Wonka e agora vai tomar posse dela. Com os pais, os avós e o Sr. Wonka, viaja num estranho meio de transporte: Um elevador de vidro. Só que o elevador entra em órbita…


Anúncios